FANDOM


Estas são algumas das dúvidas mais frequentes:

1 - O que é Pasárgada?

Pasárgada é uma micronação, isto é, uma miniatura de sociedade, um exercício de política e participação social com um número menor de cidadãos. As micronações tem vários objetivos e Pasárgada busca construir um espaço democrático onde a opinião de cada um tem seu devido valor, onde cada um pode contribuir para o progresso da nação. Esta vida em micronações é chamada por alguns de hobby: o micronacionalismo. Pasárgada tem todas as características de uma nação de verdade (exceção a impostos!). Temos jornais, corpo diplomático, observatório astronômico, galerias de arte, bandeiras, cerimonial, divisões administrativas, com a grande vantagem de que aqui você pode escolher desempenhar a função que mais lhe agrada. Poderá entrar para algum partido político e chegar ao poder, poderá ser um diplomata famoso ou um jornalista vibrante. Tudo é possível!

2 - Pasárgada é um jogo?

NÃO, Pasárgada é muito mais que um jogo, ele é um ambiente democrático onde pessoas das mais diferentes idéias discutem e propõem soluções para uma sociedade mais humana e justa. Mais do que um RPG, Pasárgada é um movimento social e de conscientização política. E em Pasárgada, não existem personagens, você é o que você é na "vida real", você não interpreta ninguém e escreve como você mesmo.

3 - A Comunidade Livre de Pasárgada trata-se de um movimento separatista ou revolucionário?

NÃO, Pasárgada existe em um ambiente virtual e reclama soberania apenas sobre seus sites na Internet, suas listas de e-mail (do Yahoogroups) e qualquer outro patrimônio virtual. Não existe a pretensão de se separar do Brasil ou adquirir terras. Pasárgada está mais para uma nação onde a soberania reside no coração de cada um de seus cidadãos.

4 - Onde localiza-se Pasárgada no mapa?

Em lugar algum, a nação é simplesmente o conjunto de cidadãos pasárgados, convivendo em ambiente virtual e com ideais em comum: a democracia, a liberdade individual, a paz e a busca por soluções para uma sociedade melhor.

5 - De onde saiu o nome para Pasárgada?

O nome foi retirado do famoso poema de Manoel Bandeira: "Vou-me embora para Pasárgada" (clique aqui para ler o poema), que canta em verso uma terra prometida, uma civilização especial que tem de tudo. Pasárgada é justamente isso, um sonho de uma sociedade mais justa, democrática e com ampla liberdade de expressão.

6 - E como funciona Pasárgada?

Basicamente, pela troca de e-mails em listas. Existe a Lista Nacional, a Lista do Parlamento, a Lista das Relações Exteriores, a Lista das Unidades Administrativas... Ao participar de Pasárgada, você irá principalmente opinar e debater por meio de e-mails, recebendo uma média de 20 a 30 e-mails diários. Pelo MSN desenrolam-se os "bastidores", ou seja, as conversas privadas, amizades, conchavos e negociações. O quanto mais você participar, maior será o seu status na Comunidade Livre de Pasárgada.

7 - Como me torno um Cidadão de Pasárgada?

Em primeiro lugar, é preciso QUERER ser um Cidadão Pasárgado. A cidadania micronacional é plenamente voluntária, ou seja, pode ser renunciada a qualquer momento. Diferentemente da cidadania natural, a micronacional não é concedida automaticamente, sendo necessário demonstrar interesse e alguma participação. Por isso que, em Pasárgada, há um período (geralmente 15 dias) no qual você participa da micronação na condição de POSTULANTE À CIDADANIA, que usufrui dos mesmos direitos que o cidadão, menos o de votar e ser votado nas eleições. O primeiro passo para começar esse "estágio" como postulante é preencher o Formulário Tipo 1 - Cidadania.

8. Ao preencher o formulário de cidadania e entrar como postulante, automaticamente estou manifestando minha vontade de ser Pasárgado?

Não necessariamente. Você pode ingressar como Postulante e, no meio do caminho, desistir de ser Pasárgado, por não ser aquilo que você procurava. Somente ao final do período de postulação é que as autoridades imigratórias vão perguntar se você deseja concretizar sua Cidadania ou não.

9. Preciso usar o meu nome real? Posso participar de Pasárgada com pseudônimos?

A Comunidade Livre de Pasárgada não deve ser encarada como um jogo, um RPG ou um teatro de interpretações. Em Pasárgada, você é o que você é na "vida real". Existe, em conseqüência, o costume consagrado de utilizar nome e sobrenome REAIS, para realçar que não interpretamos personagens. Mas também não é proibido o uso de pseudônimos. Independente disto, mesmo que você resolva contrariar o costume e usar pseudônimos, é preciso fornecer à Imigração o seu nome real, para fins de conferência de dados. Não se admite, também, a criação de personagens fictícios (crime de paplismo), ou a personificação de outras pessoas que não você (falsidade ideológica).

10. Posso ser cidadão de Pasárgada e de outra micronação ao mesmo tempo?

Não. Exceto em casos em que haja Tratado específico entre estas micronações.

11. Os dados que eu fornecer em Pasárgada estarão seguros?

SIM, Pasárgada protege firmemente a privacidade pessoal e não há registro de problemas relacionados à coleta e utilização dos dados na micronação. Esse sigilo é garantido pela Lei e qualquer abuso é passível de processo e pena nos termos legais. A menos que autorizado pelo dono, as informações pessoais são usadas apenas aos fins (expressos) a que se destinam, e são conhecidas apenas pelos agentes da Imigração.

12. O que devo fazer após preencher o Formulário de Cidadania?

Aguarde uns poucos dias que as autoridades imigratórias entrarão em contato com você, através das referências fornecidas (por isso é fundamental a exatidão nas informações do formulário). Após o contato inicial, você será declarado POSTULANTE À CIDADANIA e adicionado à LISTA NACIONAL DE PASÁRGADA.

13. O que devo fazer durante meu estágio de postulação à Cidadania?

Basicamente, tentar entender, participar e mostrar interesse por Pasárgada. Visite os Cantões e procure escolher logo o seu. Consulte as leis, conheça as Casas Políticas, as listas culturais e esportivas, as oportunidades de emprego. Qualquer dúvida, não deixe de perguntar!

14. Posso ser expulso de Pasárgada? Em que casos?

Sim. Os vistos e outros documentos de entrada podem ser cancelados a qualquer momento pelo Ministério de Estado, implicando na sua expulsão de todas as listas públicas pasárgadas nas quais estiver inscrito. A expulsão somente é aplicada nos casos de perturbação da ordem pública, desrespeito às autoridades constituídas ou símbolos, atentado contra a ordem política e democrática, desrespeito aos condicionantes do visto (ex.: se você entrou com visto para turismo, não pode postar como embaixador) ou insubmissão a pedidos e orientações das autoridades imigratórias. Em todos os casos, cabe recurso ao Primeiro-Ministro ou ao Provedor-Geral de Justiça. Caso a expulsão seja ratificada e você não concorde, sugere-se que você procure a Chancelaria ou Ministério das Relações Exteriores da sua micronação, para utilização das vias diplomáticas.

15. Posso ser moderado em Pasárgada? Em que casos?

Em geral, não se moderam e-mails de micronacionalistas vindos de micronações reconhecidas. No entanto, razões especiais (epidemia de vírus, grave atentado ao pudor ou à ordem, takeovers etc) podem levar à aplicação da moderação, decisão que caberá ao Ministério de Estado. Outro caso passível de moderação preventiva são postulantes, apátridas e cidadãos de micronações não-reconhecidas que estão sem "referências" e usam contas de e-mail gratuitas. De qualquer forma, não se admite a edição ou demora do repasse de mensagens de mails moderados, quando elas não constituem ameaça à integridade ou ordem pública da Lista Nacional.

Voltar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.