FANDOM


Disposição Interna 01.02/2006 - Novas regras procedimentais

Port-Vila, 24 de fevereiro de 2004,

Com o intuito de profissionalizar ainda mais as relações diplomáticas de Pasárgada,

Tendo em vista a maior facilidade de armazenamento de documentos essenciais da Chancelaria,

Buscando uma maior uniformização dos procedimentos da Chancelaria,

O Chanceler Comunitário RESOLVE:

1. Que as regras procedimentais serão doravante as seguintes:

a) Toda mensagem sobre uma micronação vinda de qualquer diplomata deve possuir encapsulada a micronação ou organização a que diz respeito. Sendo assim, comunicados com Reunião terão [Reunião] como primeiro item do assunto, e assim por diante.

b) Toda mensagem de uma das subdivisões ou missão da Chancelaria e mensagens do Chanceler devem também ser marcadas: [Chanceler], [VCH], [VCL], etc...

c) Todas as comunicações terão que ser apropriadamente marcadas segundo abaixo descrito:

  • _Comunicações Internas:_

Todas as comunicações internas serão sigilosas e a sua exibição ou não para o público será determinada posteriormente. Competem a estes oficiais o envio dos seguintes comunicados:

* Compete ao Chanceler:

Disposição Interna - nela constará qualquer ordem que não involva elementos externos.

* Competem ao Chanceler, Vice-Chanceleres e Chefes de Missão:

Orientações - diretrizes a grupos específicos da Chancelaria

* Competem a qualquer diplomata em cumprimento de função:

Memorando - conterá relatos de eventos, missões, micronações Ponderações - análises de fatos em geral e/ou específicos de uma nação.


  • _Comunicações Externas:_

Competem a estes oficiais o envio dos seguintes comunicados:

* Ao Chanceler:
   Portaria da Chancelaria
   Carta de Reconhecimento Diplomático
* Ao Chanceler e Vice-Chanceleres:
   
   Estabelecimento de Missão
   Dissolução de Missão
   Agrément (Concessão)
   Pedido de Agrément
* Ao Chanceler, Vice-Chanceleres e Chefes de Missão:
   Missivas - cartas dirigidas à organizações, nações ou excelências 

das mesmas.

   Comunicado - informe à organização, nação, excelências das mesmas ou 

à nossa própria nação.

c) Todas as comunicações devem possuir o formato oficial em HTML, e em versão texto quando houverem limitações que o justifiquem. A descrição e o modelo do formato encontrar-se-ão facilmente acessíveis aos diplomatas.

d) Numeração: apenas portarias, reconhecimentos diplomáticos e disposições internas serão numeradas, de acordo com o padrão x.mês/ano, sendo q x é o número contínuo de portarias ou disposições.

e) Por motivos de falha de arquivamento, considera-se esta data como marco zero para qualquer numeração.

f) Quaisquer outras disposições serão arquivadas de acordo com a categoria e data.

g) Todas as disposições em contrário encontram-se revogadas.


Bernardo de Alvarenga

Chanceler Comunitário

Comunidade Livre de Pasárgada

Voltar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.