FANDOM


Voltar ao Índice.


4:05 Depois de deixarem Danielle Pessoa dormindo no quarto dos iniciandos, eles vão correndo chamar o Magister Mor que a esta hora estava tomando um Carpal ao lado da lareira aos fundos da Casa dos Magisters.

Fábio chega e mostra a descoberta "pedra filosofal está guardada na antiga fortaleza dos guerreiros mortos" e pergunta, "onde fica tal fortaleza?"
Antes que o Magister Mor tivesse a chance de responder um dos iniciandos diz:

- Ora, o senhor que é o imperador de Cenit não sabe? a fortaleza dos soldados mortos é a Necrópole Militar de Cenit ela existe desde 1614.

- Bom raciocínio, mas este papiro foi escrito a 650 anos em 1357, 257 anos antes. Disse o Magister Mor.

- Então o que pode ser? Disse Fábio.

- Como ele disse antiga fortaleza quer dizer que ela já existia portanto devemos ver algo que estivesse na memória popular a ponto de que todos daquela época soubessem o que é, por que de outra forma não faria sentido a mensagem. Disse o Magister Mor, que toma mais um gole de seu carpal e continua:

- E digo mais tenho uns escritos que detalham os principais acontecimentos desta área de 1200 a 1350, vou pegá-lo e trago para vocês analisarem se tem algo que pareça uma fortaleza de guerreiros mortos. O Magister Mor neste momento sai da sala levando meu Carpal pela metade ainda soltando vapor.

Eram 4:45 da manhã quando o Magister Mor, já com o Registro Histórico debaixo do braço, entrou no aposento dos iniciandos para buscar a Dani pessoa que estava caída de exaustão na cama ainda sem lençóis, com seu cajado deu umas cutucadas, ela resmunga e continua dormindo, então pegou um pó dentro de um saquinho no bolso (rapé) e soprou um pouco no rosto de Dani, de repente ela acorda espirrando e cai da cama, levanta meio zonza.

- O que houve ? Pergunta Danielle.

- Fortaleza dos Guerreiros Mortos, disse o Magister Mor, Danielle olha para ele com uma mistura de medo e susto, então rapidamente se põe a segui-lo.

Eram 4:52 da manhã quando chegaram a sala da lareira onde estavam os outros iniciandos pensando o que poderia querer dizer o pergaminho, eis que o Magister Mor joga na frente deles um livro que devia pesar uns 5 quilos o estrondo acorda o Anderson que ainda pelo efeito do alucinógeno havia entrado em transe.

- Vamos ver neste Registro Histórico o que poderia ser "Antiga Fortaleza dos Guerreiros Mortos" diz o Magister Mor.
Eles sentaram juntos no sofá e olharam atentamente o livro tentando encontrar algum fato histórico que nos pudesse ajudar. Rubens Figueiredo se depara em meio aos registros com a citação de um local chamado Monte Figueiredo e se pergunta se seria coincidência existir outro Monte Figueiredo em Icária. Eles prosseguem em silencio lendo o documento.


Continua em VI - Desvendando a História, por Danielle Pessoa

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.